Bookmaker artbetting.co.uk - Bet365 review by ArtBetting.co.uk

Bookmaker artbetting.gr - Bet365 review by ArtBetting.gr

Germany bookmaker bet365 review by ArtBetting.de

Premium bigtheme.net by bigtheme.org

CARTA DE COMPROMISSO – Curso de Verão 2017

Edcarlos Bispo de Santana 16 de janeiro de 2017 1

Voltamos enriquecidos e cheios de ânimo para nossas famílias e comunidades, estudos e trabalhos, com a experiência ecumênica e inter-religiosa de partilha, reflexão, celebrações, festa e compromissos, que vivemos no 30º. CURSO DE VERÃO de 06 a 14 de janeiro de 2017, em torno do tema Educar para a Paz em tempos de injustiças e violência. O Curso foi organizado pelo Centro Ecumênico de Serviços à Evangelização e Educação Popular, CESEEP, em parceria com a PUC-SP, o TUCA e o TUCARENA, num grande mutirão com outras entidades, comunidades e famílias que hospedaram os que vieram de fora. O Curso reuniu 501 pessoas entre participantes (333), monitores/as (72), voluntários/as das equipes de serviço (52), coordenação (08) e assessores/as (44). As pessoas pertencem a diferentes Igrejas cristãs, Religiões e Filosofias de vida e vieram de todas as regiões do Brasil e de países da América, África e Europa. Estiveram na abertura do evento e saudaram os participantes a Reitora da PUC-SP, Maria Amália Pie Abib Andery, o Pró-reitor de Cultura e Relações Comunitárias, Antônio Carlos Malheiros, o Frei José Alamiro Andrade Silva OFM, representando a Missão Central dos Franciscanos e o presidente do CESEEP, Pe. Benedito Ferraro. Deu-nos a honra de participar como cursista o bispo anglicano de Curitiba, Dom Naudal Alves Gomes, acompanhado de sua esposa e membros de sua Igreja.  As celebrações e palestras da manhã no TUCA e foram transmitidas ao vivo pela Equipe de Comunicação, via internet numa parceria entre a Rádio Cantareira, a Rede Rua de Comunicação, o Grupo Transformar e o CESEEP. Cerca de 4.200 internautas do Brasil e de 20 outros países, visitaram a página web do CESEEP durante o curso, criando um amplo público virtual que pode interagir através das redes digitais. No intervalo do almoço, a banda Capim Novo puxou um animado forró. Os cursistas foram também agraciados com uma tarde de teatro participativo e interativo com a peça Opereta em Construção, encenada pelo grupo Garoa do Teatro do Oprimido.

Convencidos de nossa responsabilidade humana, eclesial e cidadã neste campo da superação das injustiças e violência e da educação para a paz e convocados para defender a vida cuidando dos biomas brasileiros ameaçados, tema da Campanha da Fraternidade deste ano, assumimos o compromisso de, em relação à:

  1. SUPERAÇÃO DAS INJUSTIÇAS E VIOLÊNCIA

– Desarmar as mentes e os corações para resignificar a vida, através do diálogo e da troca de experiências e de ações para reafirmar a luta pelos direitos humanos e denunciar os preconceitos, as diversas fobias, o racismo e a intolerância religiosa.

– Manifestar nossa solidariedade aos povos indígenas, aos quilombolas, às famílias dos jovens mortos nas penitenciárias de Manaus e Boa Vista e à luta por uma sociedade sem prisões.

– Buscar conhecer as organizações que atuam em defesa dos direitos e da inserção dos jovens nas políticas públicas.

– Empenharmo-nos pelo respeito aos direitos das mulheres, das crianças, adolescentes e jovens, idosos, população LGBT, moradores de rua, migrantes e trabalhadores do campo e da cidade.

– Engajarmo-nos nos movimentos e organizações de apoio aos direitos humanos e participar ativamente dos espaços de promoção de políticas públicas de combate à violência e promoção desses direitos,  criando redes mais amplas de apoio mútuo.

– Valorizar a comunicação alternativa, para desmascarar a violência espetacularizada pela grande mídia e divulgar as práticas sociais que promovem a dignidade humana.

  1. EDUCAR PARA A PAZ

– Desarmar a mente e o coração para acolher as pessoas e dialogar, unindo o espiritual com ações políticas e pastorais.

– Promover formação acerca da justiça restaurativa e a sua partilha, a partir do conhecimento adquirido no curso.

– Levar para os espaços onde atuamos os saberes compartilhados neste Curso, criando redes multiplicadoras com facilitadoras e animadoras em nossas comunidades.

– Incentivar o uso das mídias alternativas; humanizando-as e apurando a veracidade das informações antes de compartilhá-las.

– Capacitar pessoas que nos representem nos órgãos públicos.

– Construir uma agenda para formação política, unindo movimentos sociais, com o auxílio das mídias alternativas a partir da rede formada no Curso de Verão.

– Superar o medo do livro do Apocalipse, ajudando as comunidades a relê-lo na ótica da resistência e da esperança, em seus  trabalhos e lutas em favor da vida, enxergando a presença divina no diferente.

  1. CUIDAR DOS BIOMAS BRASILEIROS EM DEFESA DA VIDA

– Trabalhar intensamente o tema da Campanha da Fraternidade, Biomas brasileiros e defesa da vida, em nossas comunidades, em parceria com outras Igrejas, Religiões e Entidades sociais, ocupando as mídias e promovendo ações em favor da preservação dos biomas e da defesa da vida.

– Assumir ações concretas em favor da educação ambiental, de políticas públicas sustentáveis em relação à água, ao saneamento básico, à coleta do lixo e reciclagem dos resíduos sólidos, à despoluição dos rios e recuperação das matas ciliares.

– Promover ações solidárias em relação à população de rua e catadores de materiais recicláveis.

– Incentivar os pequenos produtores rurais autônomos e multiplicar iniciativas de alimentação saudável com produtos livres de agrotóxicos, a partir da economia solidária entre campo e cidade.

Encerramos nossa jornada com os olhos voltados para 2018, quando de 09 a 17 de janeiro, o 31º. Curso de Verão desenvolverá o tema: ÉTICA E PARTICIPAÇÃO POPULAR NA POLÍTICA A SERVIÇO DO BEM COMUM.

São Paulo, 14 de janeiro de 2017 –  CESEEP: www.ceseep..org.br

One Comment »

  1. Luciana Oliveira de Fariña 17 de janeiro de 2017 at 15:53 - Reply

    Fiquei muito feliz de encontrar a página do CESEEP e reviver os 30 anos do Curso de Verão! Quanta emoção! Estive presente na 9ª edição e nela conheci o David, que veio da Argentina naquele ano de 1996 para fazer o curso e nos conhecemos na Oficina de Liturgia. Eu, de Minas Gerais, ele Paraguaio, vivendo na Argentina na época. Foram 05 anos de namoro a distância e já estamos casados há 15 anos!!!! Atualmente vivemos no Paraná.Temos 3 filhos, Analia (13), David (10) e Daniel (06) e um dia quero que eles façam o Curso de Verão também! Seguimos trabalhando em prol de nossa comunidade e eu continuo firme na Evangelização Infantil! Esse curso foi um marco em nossas vidas! Agradeço a toda equipe por tudo o que este Curso representa para os que dele participam! Grande abraço a todos! Parabéns pelos 30 anos de Curso de Verão e de tantas lindas realizações!

Deixe um comentário »